Equipes de Ajuda ajudam na convivência no espaço escolar

Alunos dos 6.os e 8.os anos participaram do processo de formação das Equipes de Ajuda – grupos de alunos capacitados para tratar das questões de convivência no espaço escolar.

apoio_3

O grupo é composto por quarenta alunos que foram selecionados pelos colegas de sala, com base no critério da “confiança”. O processo de formação foi realizado pelo GEPEM –  Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral, da Unesp e Unicamp, e organizado pelas equipes de CPG e OE do Band. Nos encontros foram abordados temas como as técnicas de comunicação, as etapas da relação de ajuda, estratégias para resolução de situações de conflitos, entre outros.

apoio_1

O trabalho realizado pelas Equipes de Ajuda apresenta-se como uma das estratégias usadas pela escola no desenvolvimento da empatia e de valores morais como a solidariedade, a justiça e o respeito entre os adolescentes.

apoio_2

Segundo Luciene Tognetta, professora da Unesp, esse trabalho, que faz parte de um projeto mais amplo sobre a convivência ética na escola, permite que os jovens se tornem protagonistas nas questões de convivência. “Os alunos que possam estar envolvidos em problemas ou situações de conflitos dispõem de um referencial próximo de si, os iguais, que lhes proporcionam instrumentos de descompressão desses problemas”.

apoio_4

Esse trabalho foi pensado pelo psicólogo José Maria Avilés Martínez e já é desenvolvido, com sucesso, em escolas da Espanha.

“O fato de os alunos terem sido selecionados por outros estudantes da mesma sala, com certeza, legitima o grupo. Além disso, é importante exaltar a grande disposição que todos demonstraram para aprimorarem as habilidades de escuta ativa, empatia, companheirismo e confidencialidade”, comentou a Coordenadora de CPG, Maria Estela Zanini.

Confira abaixo o vídeo do José Avilés:

Confira abaixo o agradecimento da equipe de ajuda ao vídeo de José Avilés:

Confira a galeria de imagens clicando aqui.