Band participa de seminário sobre convivência ética

Para discutir diferentes pesquisas e apresentar práticas sobre questões de convivência em escolas, o Bandeirantes foi convidado para participar do “Seminário Internacional: em busca da qualidade do clima e da convivência ética na escola 2017”.  O evento aconteceu nos dias 9 e 10 de março na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Professores, coordenadores, orientadores e alunos do Colégio estiveram presentes nas mais diversas palestras e conferências.

image1

Dentro do evento, quatorze integrantes das Equipes de Ajuda e a Orientadora Educacional do 9o ano, Marina Schwarz, participaram do “1o encontro nacional das Equipes de Ajuda”. Partindo do tema “o que muda quando somos da Equipe de Ajuda?”, os alunos comentaram a respeito de algumas das resistências que enfrentam diariamente e como fazem para aprimorar as relações entre os colegas.

image2

“Na minha concepção, o mais interessante é que os alunos deixam claro que não é preciso ser da Equipe de Ajuda para que você se solidarize e transforme a escola em um ambiente mais harmônico e amistoso”, comentou Marina.

estela

A Coordenadora de CPG (Convivência em Processo de Grupo), Maria Estela Zanini, participou de uma mesa redonda com a apresentação do tema “A implantação das rodas de diálogo no Colégio Bandeirantes: o desafio de uma proposta”. “Ouvir como outras escolas estão iniciando o trabalho com as rodas de diálogo e trocar experiências com os educadores presentes foi muito importante para pensarmos em melhorar cada vez mais o trabalho desenvolvido no Band”, ressaltou a coordenadora.

image3

Carolina Marques, Orientadora Educacional dos oitavos anos acompanhou, como colaboradora, o professor de Harvard Robert L. Selman, orientador do seu doutorado em Harvard. A sua apresentação no Seminário foi sobre como as histórias de ficção (contadas através de livros) e suas adaptações cinematográficas (de Hollywood) podem ser utilizadas para educar os jovens ética e moralmente.

Marília Pelissari, professora de Espanhol, também compareceu ao evento que contou com a palestra do idealizador da metodologia das Equipes de Ajuda, José Avilés. Em sua apresentação, mostrou alguns dos depoimentos sobre as atuações dessas equipes na Espanha.

Além disso, representantes da GEPEM – Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Moral, da Unesp e Unicamp, ensinaram algumas técnicas de linguagem descritiva, com o objetivo de auxiliar os alunos durante as abordagens. A especialista em Direito Digital e parceira do Bandeirantes, Cristina Sleiman, ainda comentou a respeito das complicações jurídicas que o bullying e cyberbullying podem causar ao agressor.